Publicado em Deixe um comentário

Descubra como funciona o carregador turbo

Descubra como funciona o carregador tubo e porque as vezes a carga fica lenta. O carregador pode não ser o único responsável pela demora da carga do seu celular.

O que é um carregador Turbo e como ele funciona?


Chamada ‘Quick Charge’, permite que o processador do celular controle o carregamento da
bateria, fazendo com que o carregador gere tensão e corrente mais elevadas do que o normal
para celulares que suportam isso e correntes normais para celulares que não suportam.


O conjunto de controlador do carregador e microprocessador do celular opera de modo a
identificar qual é a carga máxima que a bateria do smartphone pode receber sem que haja
qualquer tipo de dano à bateria ou ao celular.


Na prática o carregador e o processador do celular conversam entre sí.
O carregador pergunta: OOO processador você suporta carregamento rápido?
Daí o processador responde: Sim…
Daí o carregador diz: Então segura que la vaí… 25W…
Ou ainda se o processador responder que não suporta, então o carregador vai mandar a
potência básica mesmo… 5W … e deixe o tempo passar para chegar a carga máxima!!!


Isso quer dizer que, caso você coloque um celular que não tem carregamento turbo ligado a um
carregador turbo, não vai danificar sua bateria, pois o carregador vai mandar exatamente a
potência necessária para cada tipo de celular.


Da mesma maneira, esse monitoramento reduz a corrente na medida em que a carga máxima
vai sendo atingida”,


Efeitos da carga rápida

“Ao fornecer mais carga rapidamente, gera uma dissipação maior de calor dentro dos
mecanismos de carga da bateria e com isso há um ligeira elevação de temperatura, mas isso
não chega a danificar porque ela é projetada para isso.


Apesar disso, toda vez que você carrega seu celular vai acontecer um desgaste natural da sua
bateria, independente se for turbo ou não…

Potência dos carregadores


Um carregador convencional, normalmente, gera uma tensão de 5 V (assim como toda porta
USB) e uma corrente que varia entre 0,5 e 1 A.

Já um modelo turbo pode gerar tensões de até 20 V e correntes de 2 ou 3 A, sendo que o
normal é que a maioria dos carregadores gerem tensão de 9V e corrente de aproximadamente
2 A, o que resulta em uma potência de 18W.

Carga rápida em cada marca


Cada marca tem sua própria tecnologia de carga rápida, por conta disso, se você ligar um
carregador rápido da samsung em um motorola tudo que você vai ver é um carregamento
simples mesmo.


Samsung Adaptive Fast Charge
Os modelos mais antigo da Samsung usa a tecnologia Qualcomm Quick Charge 2.0 e entrega
entre 15W e 18W de potência.

Já nos modelos mais novos como o Galaxy S20 Ultra é compatível com carregamento ultra
rápido de 45W, mas infelizmente acompanha apenas um adaptador de 25W na caixa – que já é
considerado um carregamento rápido, mas não aproveita todo o potencial do smartphone.


Recentemente surgiram rumores de que a Samsung iria entrar na onde da Apple e soltar a
nova versão do Galaxy S21 sem carregador. Por enquanto é só rumor mas se esse moda pega
vai ficar difícil. Os boatos surgiram com o vazamento da suposta registro na ANATEL do futuro
Galaxy S21, a qual foi feita sem a inclusão do carregador.

Apple Fast Charge
Ele usa a tecnologia USB Power Delivery e deve ser comprado separadamente, não vindo,
portanto, junto com os aparelhos. Existem modelos mais potentes que são compatíveis com
iPads e Macbooks. É um carregador turbo bem eficiente, com 29W de potência.

Motorola Turbo Charge
Baseado na tecnologia Qualcomm Quick Charge 2.0/3.0, o carregador turbo Charge da
Motorola, transfere a mesma energia do Samsung, com 15 watts de potência e vem junto com
os dispositivos da marca.

Segurança dos carregadores


Os modelos originais de carregadores também vem com sistemas de segurança, entre eles
está o modo que impede que o carregamento continue em caso de curto circuito.
Se por acaso, por qualquer motivo que seja, acontecer um curto na bateria ele interrompe
imediatamente o carregamento para evitar acidentes

A maioria dos carregadores que se compra nos camelôs não tem esse tipo de tecnologia, por
tanto é bom sempre verificar esses detalhes na hora de adquirir um, para que você tenha
segurança na hora de carregar seu celular.


Lembrando que bateria é algo perigoso, é só lembra dos acidentes que aconteceram com o
Galaxy not 7 que explodia a bateria. A Samsung foi forçada a fazer um recall na época.

A importância do cabo na hora de carregar


De nada vai adiantar se você tiver um carregador turbo de 25W por exemplo, se você usar um
cabo genérico que não consegue deixar passar toda a carga, as chances são que seu celular
não vai carregar rápido.

O cabo precisa ser feito para passar a quantidade de corrente elétrica e voltagem necessárias
para garantir o carregamento rápido.

Existem diversos modelos de cabos que podem ser adquiridos no mercado, poucos deles são
feitos para carregadores turbo. Sendo assim, ao adquirir um, certifique-se de que está
comprando o cabo certo!
A maioria dos cabos comprados em lojinhas de camelôs não são de carga rápida!

Potência dos carregadores paralelos.

O que acontece quando eu ligo dois celulares com carregamento turbo nas duas entrada USB
do carregador ao mesmo tempo… será que ele consegue carregar os dois no modo turbo?
Bem o que acontece é que o carregador não vai conseguir manter a mesma corrente de
carregamento nos dois celulares ao mesmo tempo.


A tendência é que ele divida sua potência màxima com os celulares conectados.
Mostrar cena do carregador tabajaras carregando dois aparelhos ao mesmo tempo.
Sendo assim, quanto mais aparelhos conectados mais vai demorar para carregar …

O Interessante de se usar um mesmo carregador para dois aparelhos é que as vezes no
ambiente em que você está só existe uma tomada por exemplo. Daí nesse caso você
consegue carregar os dois aparelhos em uma só tomada.

Voltar